Projeto de Conservação

PROJETO DE CONSERVAÇÃO

O Pantanal possui uma das biodiversidades mais ricas do mundo. No coração do Pantanal, a Baía das Pedras sabe da sua importância e colabora recebendo projetos de pesquisa licenciados pelo IBAMA, em parceria com ONGs internacionais, nacionais, regionais, universidades e órgãos governamentais.

Abre as portas e estende a mão para receber cientistas que vêm em busca de informações sobre os animais, como sua reprodução, hábitat e comportamento.

Atualmente, estão em estudos: a Anta, financiados por zoológicos americanos e europeus; e Tatu-Canastra, financiado por uma Universidade da Escócia.

A equipe de pesquisa, com pelo menos cinco pessoas – pesquisador, médico-veterinário, auxiliares, atirador de dardo – passam de dez a quinze dias na Fazenda. Todos recebem acomodação e refeições.

O estudo tem início na captura do animal (armadilha), onde é feito pesagem, coleta de pelos, carrapatos e tecidos, um exame completo. Depois o animal é solto com o colar de GPS. No mês seguinte, o grupo volta à Baía das Pedras para fazer o monitoramento. Antenas são levadas à campo para captar sinal e estudar o comportamento do animal.

O turista que está passeando na Fazenda recebe informações sobre os projetos, é convidado a assistir uma palestra, à noite. Há, também, a possibilidade de acompanhar os pesquisadores na checagem das armadilhas. Uma aventura inesquecível.

O Pantanal é imenso! A Baía das Pedras apoia e estimula a vinda de cientistas para a região que queiram conhecer e ajudar na conservação da fauna e flora da região. Se você tem um grupo de pesquisa, entre em contato conosco. O cenário já é surpreendente. Venha conhecer muito mais!

X

FOTOS

Tag3 - Desenvolvimento Digital